Como Encontrar Seu Chamado em 20 Minutos.

Você às vezes se sente um pouco perdido?

Sente que não sabe muito bem para onde está indo, não entende por que está fazendo as coisas que está fazendo… ou sente que tem algum caminho que você deveria seguir e que iria te trazer a verdadeira realização pessoal? Algo que traria sua plenitude, mas você não consegue identificar exatamente o que é isso?

Você já tentou várias coisas novas, mas sempre parece que “não é bem isso”?

Alguma pessoas se referem a isso como um propósito, ou uma missão de vida. Eu prefiro usar o termo “Chamado”. Não importa como você queria chamar, o fato é que você precisa encontrar o seu chamado.

Só assim você poderá realmente ver sentido no que você faz no seu dia a dia. Nós somos criaturas muito teimosas, então podemos aguentar a vida inteira fazendo coisas que não tem sentido para nós, só que isso não vai trazer a verdadeira realização pessoal.

Então vou ensinar para você um exercício muito rápido e fácil que vai te ajudar a encontrar o seu chamado!

E sim, seu chamado pode mudar ao longo da vida. Mas pode ter certeza que HOJE já existe um chamado esperando por você, e é algo que que tem a ver com suas habilidades, seus gostos, seus interesses. Mesmo que você tenha vários interesses (você é um Experimentador/Multipotencial?), você vai perceber que, por trás de todos esses interesses, existe uma linha em comum que é seu chamado.

Então é o seguinte, o exercício é muito simples. Ele necessita apenas de um pouco de persistência e disposição para descobrir qual é seu chamado.

O PROCESSO DE 20 MINUTOS

Vou precisar que você faça apenas uma coisa:

Independente da hora que você acorda, pelos próximos 15 dias você terá que acordar 20 minutos mais cedo.

Então se você acorda às 07h, vai passar a acordar 06h40. Se acorda às 06h, vai acordar 05h40. Se acorda 05h30, vai acordar 05h10. Eu sei que é um pouco difícil acordar 20 minutos mais cedo, mas é só pelos próximos 15 dias.

Mas Bruno, o que eu vou fazer nesses 20 minutos?

Logo após acordar, passe uma água no rosto, vá no banheiro, etc – acorde de fato. Mas não enrole! Não olhe o celular, não fique perdendo tempo. É só para despertar.

Aí você vai pegar uma folha de papel (preferencialmente um caderno que você vai reservar somente para isso), uma caneta ou lápis, e vai para um canto reservado da sua casa. Eu gosto de fazer isso na minha varanda ou então na sala de leitura. O importante é ser um lugar onde ninguém vai te incomodar (apesar que, essa hora da manhã, você vai ter bastante tranquilidade!)

Após se sentar confortavelmente, faça algumas respirações profundas e tranquilas para se interiorizar e tire as preocupações do dia a dia da sua cabeça. É bom fazer esse ritual logo de manhã justamente porque sua mente ainda está “vazia”.

Pegue então sua caneta e comece a escrever TUDO o que vier na sua cabeça relacionado ao seu propósito, seu chamado. Escreva o que você gosta de fazer, o que você se imagina fazendo no futuro, o que te traria uma imensa felicidade – mas NÃO DÊ OUVIDOS se vier aquela voz com limitações, dizendo por que você não vai conseguir, ou que você não tem dinheiro, ou que você teria que ser um especialista em determinado assunto para conseguir, etc.

É fundamental que não dê atenção à essa voz, pois agora não é hora de pensar em COMO vai fazer aquelas coisas que está escrevendo, apenas se foque em identificar qual é seu chamado.

Então, durante os primeiros 20 minutos do seu dia, você vai ficar com a caneta na mão e o caderno na sua frente, escrevendo tudo o que vier na mente. Feche os olhos, deixe vir algumas ideias, escreva. Feche os olhos novamente, receba mais ideias, escreva mais.

Você vai ver que vão surgir algumas palavras, algumas memórias de infância, coisas que você queria ser quando crescesse… vão surgir também sonhos, vontades, alguns cenários que você imagina para sua vida.

Não espere encontrar seu chamado logo de cara. Isso não vai acontecer no primeiro dia. Mas algumas ideias certamente surgirão, e você vai anotá-las. Depois siga com seu dia normalmente.

No dia seguinte, você fará o processo de novo. Acorde 20 minutos mais cedo, sente com seu caderno e sua caneta, e comece a escrever. É possível que você perceba que algumas coisas que escreveu no dia anterior não são exatamente o que você pensa/sente. Então risque, altere, atualize aquelas ideias.

Ontem você pensou que seu chamado fosse uma coisa… Aí hoje você olhou e viu que não era bem isso, então pode riscar e atualizar. O processo é esse mesmo!

Continue fazendo isso todos os dias. Escreva coisas novas, revise as antigas, risque, modifique, deixe sua mente trabalhar com esses insights. É muito importante que você faça isso por 15 dias! Não pare antes!

Eu garanto para você que, ao longo desses 15 dias, você vai escrever algumas coisas que vão te trazer um sentimento de que “É ISSO!” ou então “ESTÁ MUITO PRÓXIMO DISSO!”.

Esse momento é importantíssimo. Quando chegar o dia onde você bateu o olho no que escreveu ontem e falou: “É ISSO” (ou quase isso), então agora vamos para a próxima fase: coloque seu caderno de lado e, por uma semana, volte a acordar no horário normal. NÃO MEXA no caderno durante essa semana!

É possível que essas ideias passem pela sua cabeça ao longo da sua rotina, mas não se preocupe muito em pensar se são viáveis, possíveis, etc.. Não é hora disso, estamos apenas deixando as ideias fermentarem.

Após passados 7 dias desde que você “ENCONTROU” algo que sente estar muito perto de ser seu chamado, no próximo dia você vai novamente acordar 20 minutos mais cedo, pegar aquele caderno e ler novamente tudo o que escreveu. Veja se tem algo que você discorda, que não faz sentido, que não é “bem isso”.

Se tiver algo para mudar, então volte a fazer o processo até chegar novamente no momento onde diz “AGORA SIM, É ISSO”.

Agora, se você bater o olho e perceber que não tem NADA para mudar, e sentir uma grande identificação com aquilo que está escrito, então PARABÉNS!

Você encontrou seu chamado!

Ou pelo menos a primeira camada do seu chamado, porque isso vai evoluindo ao longo da vida conforme você vai avançando na direção dele. A vida é uma eterna descoberta, meu amigo 🙂

É SIMPLES, MAS FUNCIONA!

Apesar de ser muito simples, esse processo foi exatamente o que eu utilizei quando estava me sentindo perdido e sem direção, e tive sucesso em encontrar o meu chamado – aquilo que me motiva a sair da cama todos os dias e trabalhar para realizar meu sonho.

Tenho certeza que esse mesmo processo poderá ajudar você a ter mais clareza no seu propósito, e – se seguir o passo a passo – vai conseguir encontrar seu chamado.

Sua vida se transformará completamente a partir do momento em que você tiver uma frase ou ideia clara que represente o seu chamado – e tudo começará a fluir com grande prosperidade. Faça o teste e verá!

Deixo aqui meu grande abraço, e saiba que estou torcendo para que utilize esse método que me foi tão útil e siga sua vida com mais direção e sentido – pois você foi colocado no mundo com grandes talentos e desejos únicos que devem brotar e se desenvolver de forma fantástica, bastando apenas que você os identifique e cultive!

AH, e se pensar em alguém que pode se beneficiar desse conteúdo, compartilhe! Seja aquela pessoa legal que manda links relevantes para os amigos 🙂

Te vejo no próximo post!

Bruno Padilha
 

VAMOS SER AMIGOS DE E-MAIL?

Cadastre seu e-mail para receber conteúdo exclusivo e novos posts.

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *